Badrasana Balancinho Integral

O balancinho não é exatamente um asana de yoga, mas sim uma ação fundamental para realização da prática eficaz dos asanas de yoga.

O balancinho machuca com sequela na coluna vertebral da maioria dos praticantes iniciantes e desatentos. Os casos mais comuns são das pessoas ignorar as instruções do professor de yoga e fazerem ao seu próprio modo ou “à moda” da literatura popular. As consequências são:  – esfolar o coccix ou machucar um ou dois ossos da coluna vertebral, sendo que estes machucados levam de uma ou duas semanas para sarar. Prejudicando gravemente seus progressos na yoga.

As razões de se praticar este badrasana entre um asana e outro, ou entre uma sequência de asanas e outra, conforme o propósito ou modalidade de yoga, são muitas e não será tratado tecnicamente aqui. Porém, uma aula de yoga para ser completa tem que ter o balancinho entre a maioria dos asanas, conforme indicado no curso de formação de professor de yoga.

Execução do Balancinho

Sentado com as mãos segurando os joelhos por baixo, joga o corpo levemente para trás, sincronizando o movimento com a expiração, os joelho devem tocar o chão suavemente, os alunos adiantados costumam precisar de tempo para segurar os pulmões vazios; volta inspirando e senta, o ciclo se repete por três a cinco vezes, após deita e relaxa, aproveitando os benefícios do asana.

Geralmente neste relaxamento os alunos adiantados praticam as instruções de Raja Yoga (Kundalini Yoga), devido a estes kriyas na energia etérea (prana), o asana seguinte promove leve samadhi sobre os nadis, chakras ou plexos.

4.75287