Vidas Passadas: Minha Vida Anterior

Decidi escrever alguns artigos sobre vidas passadas no intuito de desfazer alguns mitos e distorções amplamente difundidos atualmente. Nada mais justo que começar por mim mesmo, por isto vou compartilhar neste artigo algo sobre minha vida anterior.

Antes de mais nada, par não deixar dúvida, nunca fiz regressão hipnótica, terapia de vidas passadas, ou precisei de um profissional para fazer o trabalho para mim. Para conhecer todas as minhas vidas passadas que vivi nesta Era, usei minhas faculdades mentais para despertar este lado da minha consciência, se bem que Deus me ajudou muito nesta tarefa. Na minha vida anterior eu nasci em Hull na Inglaterra, depois ainda criança me mudei para os Estados Unidos onde vivi praticamente toda minha vida como cidadão norte-americano.

Os primeiros anos de minha vida foi muito dura e difícil, inclusive sofrir muito com calúnias e gente tentando me destruir, nada diferente desta atual vida. Mas enfrentei as adversidades e construir uma vida tranquila e invejável naquele país.

Morei inicalmente em Baltimore, depois para vencer as dificuldades me mudei para Philadelphia, quando a cegueira espiritual causada pela matéria começou a libertar minha consciência me mudei para Chicago, ainda morei algum tempo em Los Angeles e Nova York.

Em Los Angeles não me adaptei, então fui morar em Nova York.

Contudo Los Angeles foi sempre uma cidade referência onde tive muitos alunos e amigos, porém morei pouco lá. Mas foi nesta cidade que forgei a morte de um dos meus pseudônimos famosos, com funeral de cremação falsa e tudo que um morto tem direito.

Apesar de todas as profecias e vidências dizerem que eu nasceria no Brasil, nunca perdi meu tempo pensando no assunto, até porque aqui sempre foi um local de corrupção e espiação da alma. Governos corruptos, ditadores cruéis e um Estado construído para legitimar seus crimes.

Porém, visitei o Brasil na época de Getúlio Vargas, a razão foi uma só, encontrar um antigo amigo de vidas anteriores, um visconde francês que vivia aqui no Brasil e “comia o pão que o diabo amassou” nas garras das forças que atuavam na América Latina. Ele era um iniciado, um vidente, que me acompanhava como companheiro espiritual em muitas vidas passadas.

O encontro com o homem foi um fracasso, como bônus ganhei algumas ofensas gratuitas, e se não bastasse, os mestres e co-díscipulos que seguiam minhas doutrinas espirituais se sentiram muito ofendidos com esta minha iniciativa.

Se tudo isto já era muito para mim, ainda tenho que acrescentar que o presidente da república, o ditador do Brasil, quiz a todo custo um encontro comigo – “a grande águia americana”.

Aqui no Brasil eu tinha muito admiradores, nada diferente do resto do mundo, muitos co-díscipulos importes e de elevado teor espiritual, mas eu não estava pronto para a energia basileira ainda.

Fato importante é que antes de vir ao Brasil, eu tinha ido a Paris visitar um famoso médico ocultista, escritor de magia, que estava sob tutela espiritual de um fascínora que vivia na cidade de Lyon na Rua Tetê d’Or. Este ocultista também sempre me acompanhou nas vidas anteriores como meu discípulo, mas sempre o considerei um companheiro espiritual.

Após absorver estas energias ruins para meu campo vibracional, voltei do Brasil para os Estados Unidos e cometi um grave erro na minha vida. O próximos 10 anos foram muitos desgraçados na minha vida.

Após me recuperar, coincidiu com a acensão de Hollywood como o maior expoente planetário das profecias modernas. Os autores, escritores, cantores, compositores e toda gente formadora de opinião influenciável pelos deuses, espalhavam a boa nova que o messias estava em vias de reencarnar no Brasil. Os filmes, as músicas, os livros, as revistas, as pinturas, as obras de arte e toda manifestação criativa artistica diziam em sua linguagem que o filho único de Deus iria encarnar no Brasil.

Devo dizer após sair daquela energia sombria que desgraçou minha vida, eu estava apático a toda aquela barulheira artistica e midiática.

Só para constar, mesmo no revés, eu fui considerado pela revista Forbes na década de 50 como um dos milionários mais bem sucedidos da américa. Escritor de sucesso, o maior e mais importante mahatma encarnado na terra.

Minha morte não foi menos infeliz! Durante a Segunda Guerra, cometi o erro de ajudar financeiramente os Estados Unidos contra Hitler. Os USA pediam ajuda aos homens bem sucedidos para derrotar Hitler, entre eles estava eu. Eu destinei muitos milhões da fortuna que Deus me deu, mais para acabar com aquela matança, do que propriamente contra Hitler e sua ideologia insana.

Ajudar os EUA foi um tiro no pé, mais tarde fui chantageado pela CIA por causa do imposto de renda. Antes tivesse ficado do lado de Hitler, que era um iniciado inteligente e sagaz, no passado foi o Imperador Tibérias.

Acho que ficou muito longo o artigo, vou parar por aqui.

4.75287